Entenda a permuta de imóveis como forma de pagamento

A permuta de imóveis é uma prática que vem se tornando cada vez mais comum no mercado. Esse tipo de operação, nada mais é do que oferecer um imóvel como parte de pagamento na compra de outro imóvel. Essa opção, embora não seja considerada por muitos vendedores, pode aumentar a parcela de interessados, especialmente para vendas a curto prazo.

Portanto, para quem tem pressa de vender seu imóvel considerar uma permuta pode ser uma ótima opção! Para entender mais sobre como funciona a permuta e quais cuidados tomar na hora de realizar essa operação, vale a pena conferir algumas dicas!

Permuta de imóveis: o que é e como funciona

Ao contrário do que muita gente pensa, uma permuta de imóveis não é a troca de um bem pelo outro. Permutar significa oferecer um imóvel como parte do pagamento na compra de outro imóvel. Como prática de mercado, a permuta em geral é interessante quando representa entre 50% a 60% da venda. Mais do que isso, o interesse dos vendedores em aceita-la costuma ser bem menor.

Por isso, para quem pensa em fazer uma permuta de imóveis, vale considerar esse percentual antes mesmo de oferecer seu bem durante a negociação.

Sucesso nas negociações com uma permuta

A maior parte dos proprietários que estão com um imóvel a venda não assumem a intenção de aceitar uma permuta. Por isso, é fundamental que o interessado comprador saiba oferecer seu bem e negociar.

Um ponto interessante com relação à negociação é demonstrar a liquidez do imóvel que entra na permuta. Caso ele seja de fácil localização, bom preço e boas possibilidades de venda a curto prazo, as chances de o vendedor aceitar são maiores. Também é importante demonstrar que o comprador é o legitimo proprietário e o bem não possui nenhum ônus que impeça ou dificulte a venda.

Possibilitar a visita do interessado na permuta também é um aspecto que pode ser positivo nas negociações, já que conhecendo o bem fica mais fácil de negociar.

Pontos de atenção para realizar uma boa permuta de imóveis

Nem sempre a permuta é interessante para o vendedor, no entanto, ele tem pressa de vender o imóvel. Por isso, quanto mais atrativo o comprador mostrar que seu bem é, mais chances de se celebrar o negócio.

Uma permuta é uma operação delicada, justamente porque a maior parte dos vendedores está interessado no valor e não na aquisição de um novo bem, por isso demonstrar a liquidez e que o imóvel está completamente livre de qualquer ônus é essencial.

Além disso, contar com o auxílio de uma imobiliária pode ser fundamental para a garantia de um bom negócio. Isso porque, a imobiliária possui informações de mercado atualizadas, o que auxiliam na avaliação do bem que entrará como parte da permuta.

Se a sua ideia é considerar esse tipo de aquisição como forma de pagamento, não deixe de contar com o auxílio de um corretor.

Quer vender seu imóvel, mas tem dúvidas sobre qual a melhor forma? Então, fale com um dos nossos Consultores e não deixe de nos seguir nas redes sociais para obter dicas exclusivas e fale Curta a nossa Fan Page e saiba mais!

Redação Tibola Imóveis

http://www.tibola.com.br/imobiliaria

20 Anos Empoderando Sonhos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *